AGU contradiz Marinha e afirma que manchas foram localizadas antes de chegar às praias.


O procurador-chefe da Advocacia-Geral da União (AGU) na Bahia, Reinaldo de Souza Couto Filho, contradisse a Marinha e afirmou, durante entrevista ao programa "Isso é Bahia", na rádio A Tarde 103,9 FM, com Fernando Duarte e Jefferson Beltrão, na manhã desta quarta-feira (30), que as manchas de óleo foram identificadas antes de chegarem ao litoral. 

A Marinha já estava monitorando no mar. Ela conseguiu localizar as manchas no alto mar antes do surgimento. Foi o que soube pelo nosso sistema de inteligência”, disse. 

Ao ser questionado de que o vice-almirante André Luiz Silva Lima de Santana Mendes, comandante do 2º Distrito Naval, havia dito ao mesmo programa no dia anterior que não conseguiu identificar no mar, Reinaldo Couto disse há um problema de comunicação dentro da união.

Estamos preocupados com a execução, mas a nossa comunicação não é escorreita.  Um dos problemas é a comunicação, mas claro que o problema maior é o desastre ambiental”, afirmou.




Fonte: Bahia Notícias

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087