Anselmo Bispo e a Coligação “Juazeiro Daqui Pra Frente” pedem, na Justiça, prisão de Paulo Bomfim



Alegando descumprimento de medida judicial para seguir protocolos de segurança da covid-19 para a realização de carreatas, a Coligação “Juazeiro Daqui Pra Frente”, do candidato a prefeito de Juazeiro Coronel Anselmo (DEM), entrou com uma ação na 48ª Zona Eleitoral contra o candidato à reeleição, Paulo Bomfim (PT).


A representação, munida de vídeos e fotos como provas, pede o aumento da multa de R$ 100.000 para R$ 200.000 por “debochar” da Justiça Eleitoral, promovendo a carreata em dissonância com todas as normas sanitárias. Na petição, a coordenação Jurídica da coligação alega que “a conduta é ainda mais gravosa se considerarmos que o candidato representado é justamente o gestor que editou o Decreto Municipal de distanciamento social que implica sanções em caso de descumprimento”.


Entre as medidas solicitadas pela coligação de oposição está o pedido de prisão de Paulo Bomfim com base Artigo 268 do Código Penal, que traz no seu texto: “Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa: Pena - detenção, de um mês a um ano, e multa”.


“No nosso guia eleitoral de hoje vamos explicar melhor porque eu e minha coligação pedimos a prisão do prefeito Paulo Bomfim e dos responsáveis pela carreata promovida ontem”, prometeu o Coronel Anselmo. Aproveitou ainda para lamentar o que considerou ser uma cena de “desmando” e “coisa da velha política”.


Fonte: Ascom / Coligacão " Juazeiro Daqui pra Frente"

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087