Após deflagrada Operação Contrassenso da Polícia Federal, Prefeitura de Petrolina emite nota


Policiais federais e auditores cumpriram 33 mandados de busca e apreensão


Foi deflagrada na manhã de ontem (13), a Operação Contrassenso da Policia Federal que investiga a possível prática de crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, fraude em licitação, falsidade ideológica e organização criminosa, através de contratações feitas pela Secretaria de Educação da Prefeitura de Petrolina (PE).


O site Cartaz da Cidade noticiou a operação e com exclusividade entrevistou o ex-vereador Gabriel Menezes que em 2020 já havia denunciado possíveis fraudes no processo licitatório para contratação de gráficas para serviços nas secretarias, objeto de investigação da atual operação da PF.


Leia mais EXCLUSIVIDADE: PF investiga possíveis fraudes em Petrolina


Em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, o Cartaz questionou sobre a investigação da Policia Federal e recebeu a seguinte nota:


NOTA – OPERAÇÃO CONTRASSENSO


Firme em seu compromisso com a transparência, a Prefeitura de Petrolina (2017/2021) cumpre rigorosamente os ditames legais e tem feito todos os esforços necessários para contribuir com as investigações em curso, que se referem a fatos e contratos registrados desde 2015.


Os documentos e materiais solicitados foram disponibilizados. A prefeitura mantém-se à disposição para prestar todos e quaisquer esclarecimentos adicionais.




Iana Lima Jornalista / Com informações da Ascom PMP


Foto reprodução internet


Comente e compartilhe!