Após mais de 1 ano em reforma, Mercado Joca de Souza tem apenas "38% de obra executada", informa CAR



Iniciada em dezembro de 2019, a reforma do Mercado Joca de Souza Oliveira na área central de Juazeiro tem apenas 38% de obra concluída segundo informações da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), órgão do Governo do Estado, responsável pela aplicação dos recursos e execução da obra. Ainda de acordo com a Companhia, o prazo de conclusão da obra é o segundo semestre de 2021.


O site Cartaz da Cidade entrou em contato com a Companhia que informou o valor atual da obra em torno de R$ 3.115.724,09 e um aditivo de R$ 508.833,22, totalizando R$ 3.624.557,31. A verba é oriunda do Governo do Estado e cerca de R$ 1,2 milhão de emendas parlamentares dos deputados Crisóstomo Lima, Zó (PCdoB) e Roberto Carlos (PDT).


Em março, a Prefeitura de Juazeiro concluiu o recadastramento dos permissionários do Mercado para averiguar "possíveis inconsistências no cadastramento anterior". Segundo os dados do cadastramento, o Mercado possui 220 permissionários.


Projeto


O projeto de reforma do Mercado foi desenvolvido na gestão passada e na planta contempla 2 pavimentos com cobertura em telha metálica, pintura, piso, revestimentos cerâmicos, instalações elétricas e hidráulicas e outros serviços.


PMJ


Em nota a Prefeitura de Juazeiro confirmou que a licitação e contrato da obra é de responsabilidade do Governo do Estado. Confira:


A Prefeitura de Juazeiro informa que referente à licitação e ao contrato da obra de reforma do Mercado Joca de Souza Oliveira a responsabilidade de execução e fiscalização é do Governo do Estado da Bahia, através da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR).


A verbas são oriundas do próprio executivo estadual e de emendas parlamentares dos deputados estaduais, Roberto Carlos e Zó.


Iana Lima - Jornalista

Foto divulgação PMJ

Comente e Compartilhe!