Após troca de farpas com Macron, Bolsonaro diz que ninguém é contra dialogar com a França


O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira (27), em reunião com governadores da Amazônia, que ninguém é contra dialogar com a França.


A declaração foi dada depois de dias de trocas de farpas entre Bolsonaro e o presidente francês, Emmanuel Macron, em torno das queimadas na Floresta Amazônica.


Na semana passada, quando o aumento dos focos de incêndio começou a despertar reações internacionais, Macron foi uma das principaos vozes a se levantar contra a política ambiental do governo brasileiro. Ele chegou a dizer que Bolsonaro mentiu sobre a preservação da Amazônia e sobre compromissos do país com o acordo do clima de Paris.

Em resposta, Bolsonaro sugeriu que Macron tem interesses econômicos na floresta e busca revivier o comportamento colonialista da França.


Diante dos governadores, convidados ao Palácio do Planalto para tratar das queimadas, Bolsonaro disse que a postura de Macron tem a ver com a baixa popularidade do presidente francês junto à população de seu país.


Ninguém é contra aqui dialogar com a França, em hipótese alguma", afirmou Bolsonaro.




Fonte: G1