Após derrota do PT na Bahia, Rui Costa convoca Jaques Wagner para reunião


Foto: Secom/Divulgação


Depois da derrota do PT nas duas maiores cidades do interior baiano, Feira de Santana e Vitória da Conquista, no segundo turno das eleições municipais neste domingo (29), o governador Rui Costa convocou o senador Jaques Wagner para uma reunião.


Os dois devem se encontrar ainda nesta segunda-feira (30), como adiantado pelo próprio Wagner, em entrevista à rádio Metrópole. Antes disso, Wagner se reunirá de forma virtual com o ex-presidente Lula.


O PT fez somente 32 prefeitos na Bahia. Das 10 maiores cidades da Bahia, o PT teve candidaturas próprias à prefeitura de oito. Desses oito candidatos, o partido conseguiu eleger apenas Moema Gramacho, em Lauro de Freitas, que tentava a reeleição.


O Correio trouxe um levantamento do desempenho do PT nas principais cidades baianas.


Salvador: Bruno Reis (DEM) – 64,20%, no 1º turno - Major Denice (PT) – 18,86% (2ª colocada)

Feira de Santana: Colbert Martins (MDB) – 54,42%, no 2º turno - Zé Neto (PT) – 45,58% (2º

colocado).

Vitória da Conquista: Herzem Gusmão (MDB) – 54%, no 2º turno - Zé Raimundo (PT) – 46% (2º colocado).

Camaçari: Elinaldo (DEM) – 53,12%, no 1º turno - Ivoneide Caetano (PT) – 40,52% (2ª colocada).

Itabuna: Augusto Castro (PSD) – 39,50%, no 1º turno - Geraldo Simões (PT) – 5,46% (6º colocado, com recurso).

Juazeiro Suzana Ramos (PSDB) – 55,68%, no 1º turno - Paulo Bonfim (PT) – 29,09% (2º colocado).

Lauro de Freitas: Moema Gramacho (PT) – 50,77%, no 1º turno - Teobaldo (DEM) – 34,28% (2º colocado).

Teixeira de Freitas; Dr. Marcelo Belitardo (DEM) – 60,91%, no 1º turno - João Bosco (PT) – 9,84% (3º colocado).


Mesmo assim, Rui “comemorou” o resultado do PT nas eleições e disse que o partido sai fortalecido, após as derrotas do último domingo (29), e de Salvador, onde também saiu derrotado no primeiro turno.



Fonte: Política ao Vivo