Aras diz a relator na CCJ defender meio ambiente 'sem radicalismos e sem ideologias'.


Indicado para assumir o comando da Procuradoria-Geral da República (PGR), o subprocurador Augusto Aras disse a Eduardo Braga (MDB-AM), relator de sua sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) no Senado, que interessa "a soberania nacional da Amazônia" e que sua posição é a de defender o meio ambiente "sem radicalismos e sem ideologias".


Aras fez várias visitas ao Senado na última semana e esteve com diversos parlamentares. Braga, assim como outros senadores, fizeram perguntas a Aras sobre diversos temas, como as investigações da Operação Lava Jato. Os parlamentares também quiseram saber sobre a posição do subprocurador a respeito questões relacionadas ao meio ambiente e comunidades indígenas.


O subprocurador tem repetido a parlamentares que fará uma gestão de "estabilidade política" e que ninguém vai "entregar a Amazônia", mas que analisará as melhores medidas "técnicas, ambientais e econômicas".


Antes de indicar o sucessor de Raquel Dodge, o presidente Jair Bolsonaro disse mais de uma vez, publicamente, que não queria um "xiita" no Ministério Público na área ambiental.




Fonte: G1

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087