ARTIGO: Com seis representantes na Copa do Brasil o Futebol Nordestino mostra sua força



Após uma semana agitada, com comentários quentes sobre o futebol nordestino os clubes mostraram sua força em campo. Com destaque para Juazeirense e CRB que desbancaram dois dos maiores campeões do país, Palmeiras e Cruzeiro, o futebol nordestino mostrou sua força e conseguiu assegurar cinco das 16 vagas nas oitavas de final.


ABC de Natal, Bahia, CRB, Juazeirense, Vitória e Fortaleza, garantiram suas vagas. Ontem (10), o Fortaleza derrotou o Ceará e o Vitória, em um jogo emocionante, derrotou o Internacional por 3x1, levando o Nordeste ao lugar de destaque no futebol brasileiro, chegando a seis representantes na competição.


Era favorito, agora não é mais. O time do Cruzeiro sempre se destacou como o maior vencedor da Copa do Brasil com seis títulos, mas, após derrota contra o Juazeirense na noite da última quarta (09), deu uma acelerada na crise que enfrenta no ano de 2021.


A Copa do Brasil deste ano tem sido uma competição marcada por resultados surpreendentes, com a eliminação de grandes times historicamente considerados potencias e favoritos do futebol brasileiro. Os papéis se invertem, contrariando o comentário do radialista Domenico Gatto, fanático pelo Palmeiras, que disse: "A Copa do Nordeste é um lixo, uma porcaria. O Bahia é o mais forte desses aí, mas também é uma porcaria, é outro lixo. Eu não vou falar que o Ceará é uma potência. É uma porcaria”.



Os times nordestinos avançam na competição e fazem história em jogos eletrizantes pela possibilidade de equipes de estados e de divisões diferentes se enfrentarem.


Os clubes Nordestinos vivem um momento histórico e, independentemente de fanatismo por algum clube, toremos para que todos continuem brilhando e que mostrem seu futebol, reforçando, ainda, que as equipes nordestinas são, em alguns aspectos, muito melhores e mais organizadas. Inclusive, quando o assunto é salário em dia, comparados a muitas equipes consideradas grandes do Sul e Sudeste país, o Nordeste não tem do que reclamar.


As equipes nordestinas podem ser pequenas por não disputarem, com frequência, grandes competições, mas mostram que são gigantes quando o assunto é garra, coragem e força, para enfrentarem quaisquer desafios, levando para dentro de campo as principais características de todo o povo nordestino.


Caíque Lima

Comente e Compartilhe!

Foto/Reprodução - Copa do Nordeste