Bahia está na mira da Operação da PF no combate a fraudes de benefícios emergenciais



A Bahia está entre os estados na mira da Polícia Federal que deflagrou nesta quinta-feira (22), mais uma operação de combate a fraudes em benefícios emergenciais. Desta vez, os mandados são cumpridos em Vitória da Conquista, Guanambi, Canavieiras, Santa Luzia e Porto Seguro, cidades que ficam nas regiões sul e sudoeste da Bahia.


Em Vitória da Conquista, extremos sul da Bahia, três mandados de prisão são cumpridos, além de dois mandados de busca e apreensão. Já em Guanambi e Canavieiras, a PF age no bloqueios de bens no valor de R$20.413, também por mandados judiciais. Os outros quatro mandados de busca são para as cidades Canavieiras, e dois para Santa Luzia e Porto Seguro.


A Polícia Federal detalhou que o mandado de Porto Seguro está vinculado a um inquérito policial, em que suspeitos são investigados por terem participado de ao menos 49 contas fraudadas. Essas fraudes geraram um montante de R$ 32.971, em um período de 25 dias.


Operações no combate a fraudes no auxílio


A Polícia Federal já realizou a deflagração de 114 operações policiais com foco nas fraudes do auxílio emergencial, com a expedição de mais de 440 mandados de busca e de 50 mandados de prisão.


Hoje (22), estão sendo cumpridos 29 mandados de busca e apreensão e 4 mandados de sequestro de bens, perfazendo um total de aproximadamente R$ 60 mil bloqueados por determinação judicial.


Essa operação foi batizada de 'Animus Fraudandi', que significa do latim “intenção de fraudar”. Segundo a PF, ela remete ao caráter fraudulento e intencional dos desvios de valores identificados nas investigações.


Além da Polícia Federal, participam também das ações o Ministério Público Federal (MPF), Ministério da Cidadania, Caixa Econômica Federal (CEF), Receita Federal, Controladoria-Geral da União (CGU) e Tribunal de Contas da União (TCU).


Iana Lima - Jornalista

Com informações da Ascom/PF

Comente e Compartilhe!