Bahia: Secretário mantém expectativa de chegada da Sputnik em julho




O secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, confirmou em entrevista ao Jornal da Manhã, da TV Bahia, que as 300 mil doses da vacina russa Sputnik-V, previstas para chegar a Bahia no início de julho, podem atrasar. De acordo com ele, todas as exigências da Anvisa estão sendo cumpridas e o governo estadual já reservou recursos para o pagamento do lote.


“Nós estamos caminhando dentro de todo processo adequado para satisfazer as exigências da Anvisa. Estamos cumprindo todas as 29 exigências impostas pela autoridade regulatória da Anvisa. Essa documentação está sendo providenciada pelos russos. Na sexta (18) o governo fez a publicação da reserva do recurso para o pagamento, cerca de U$ 90 milhões. Se não for possível no início de julho, eu creio que até o final do mês nós teremos essas vacinas aqui em solo brasileiro”, afirmou Vilas-Boas.


O secretário comemorou a chegada de mais de 435 mil doses da vacina da Janssen, que serão aplicadas em Salvador e Região Metropolitana, e afirmou que a decisão para aplicação em pessoas em situação de rua, por se tratar de uma vacina de dose única, ficará a cargo de cada município.


“Essa vacina ela ia perder a validade nos Estados Unidos e por isso foi distribuída para o mundo inteiro. Quando fazemos a distribuição para todos os 417 municípios acabamos tendo um problema de tempo. A decisão do Ministério da Saúde é de que essas doses fossem aplicadas somente nas capitais. Mas nós decidimos aqui que, por conta da proximidade dos municípios da RMS e por sua eficiência na aplicação, faremos essa distribuição, ficando 50% em Salvador. Quanto à aplicação exclusiva em pessoas em situação de vulnerabilidade, a decisão caberá aos municípios”, concluiu.



Com informações em Política Livre

Comente e Compartilhe!