Bolsonaro decide tomar vacina contra Covid-19



Após defender que a vacina contra Covid-19 não deveria ser obrigatória e que não iria tomá-la, o presidente Jair Bolsonaro parece ter mudado de ideia e resolveu entrar na fila para se imunizar.

Segundo a coluna Expresso, da revista Época, Bolsonaro vai esperar a vacina chegar para sua faixa etária - o presidente tem 65 anos e completa 66 no próximo dia 21. Ele é, portanto, do grupo de risco por idade e será imunizado até maio, segundo afirmou nesta segunda-feira (16) o até então ministro da Saúde Eduardo Pazuello.

Em pelo menos duas ocasiões, Bolsonaro disse que não tomaria a vacina, alegando que elas teriam efeitos colaterais. Em 15 de dezembro do ano passado, em entrevista à Band, o chefe do Executivo Nacional afirmou: “Eu não posso falar como cidadão uma coisa e como presidente outra. Mas como sempre eu nunca fugi da verdade, eu te digo: eu não vou tomar vacina. E ponto final. Se alguém acha que a minha vida está em risco, o problema é meu. E ponto final.”

Dois dias depois, durante evento oficial em Porto Seguro, na Bahia, o presidente voltou a dizer que não se vacinaria. Para ele, os imunizantes não tinham eficácia comprovada, e as fabricantes não queriam se responsabilizar por possíveis efeitos colaterais nas pessoas que a tomassem.

“Eu não vou tomar (a vacina). Alguns falam que eu estou dando um péssimo exemplo. Ô imbecil, ô idiota. Eu já tive o vírus e eu já tenho os anticorpos. Para que tomar vacina de novo?”, questionou.

Ao falar sobre efeitos colaterais, o presidente produziu uma das falas mais fantasiosas sobre a vacina, ao sugerir que elas poderiam transformar pessoas em jacarés. A declaração gerou inúmeros memes nas redes sociais.

“No contrato da Pfizer, tá bem claro. Nós não nos responsabilizamos por qualquer efeito colateral. Se você virar um chipan… se você virar um jacaré, é problema de você, pô. Se você virar super-homem, se nascer barba em alguma mulher ou algum homem começar a falar fino, eles não têm nada a ver com isso. Ou, o que é pior, mexer no sistema imunológico das pessoas. Como você pode obrigar alguém a tomar uma vacina que não se completou a terceira fase ainda? Que está na experimental?”, disse o presidente.



Fonte: Bahia Notícias


Sua opinião é importante para nós. Faça o login e deixe seu comentário no rodapé de nossas matérias. O CARTAZ DA CIDADE agradece por sua participação.