Bolsonaro diz que auxílio emergencial deve voltar a ser pago em março




O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta quinta-feira (11) que o auxílio emergencial deve voltar a ser pago em março. Sem confirmar o valor, Bolsonaro disse que o benefício vai durar mais 3 ou 4 meses. O presidente deu a informação em uma coletiva no Maranhão, onde esteve em um evento de entrega de títulos de propriedade rural.


"Está quase certo, ainda não sabemos o valor. Três a quatro meses, está sendo acertado com o Executivo e o Parlamento também porque temos que ter responsabilidade fiscal", disse Bolsonaro.


A projeção da equipe econômica do governo é de que o benefício seja de R$ 200 por mês, mas há movimentação no Congresso para elevar o valor.


Hoje, Bolsonaro disse que o auxílio não pode ser permanente. Ele também falou que entende que esse benefício não pode ser sozinho a resposta dos problemas e é preciso que o comércio volte a reabrir.


"Tem que acabar com esta história de fecha tudo, tem que cuidar dos mais idosos e dos que têm comorbidades. De resto, tem que trabalhar. Caso contrário, se nos endividarmos muito, o Brasil pode perder crédito e a inflação vem. A dívida já está em R$ 5 trilhões, aí vem o caos", considerou.

Fonte: Jornal Correio


Sua opinião é importante para nós. Faça o login e deixe seu comentário no rodapé de nossas matérias. O CARTAZ DA CIDADE agradece por sua participação.