Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro-BA, 48904-087

Bolsonaro x Mídia: entenda o que estão fazendo com sua cabeça e tire suas próprias conclusões



As grandes mídias querem manipular, mas, porque não deixarmos você tirar suas próprias conclusões?...

A batalha pela audiência ou por outros objetivos econômicos e financeiros faz com que as mídias sejam tendenciosas, cada uma puxando o viés para seus interesses. Não queremos, aqui, fazer o mesmo, muito pelo contrário. A equipe do Cartaz da Cidade quer que você tenha a capacidade de criar sua própria opinião, pois entendemos que a tentativa de manipulação da mente humana já está passando (e muito) dos limites. Senão, vejamos...


Que o Presidente da República, toda hora que se pronuncia como ontem (24), causa uma pandemia de críticas e elogios, todo mundo já sabe. O que realmente não se sabe é o motivo que leva a população a ter tanta raiva do pronunciamento de uns e nenhuma reação ao mesmo pronunciamento se feito por outros. Analise conosco.


Jair Messias Bolsonaro, em mais um pronunciamento polemizado até o presente momento realmente minimiza a situação em suas palavras, chamando o Coronavírus de uma gripezinha, tratando a taxa de mortalidade de idosos como mera estatística e alertando para um possível mal maior, com a parada do país, no que se refere à economia do país que vinha dando sinais de retomada, mas que, agora, começa a cair, como em todo restante do planeta. Se não teve a oportunidade de ouvir as palavras do Presidente da boca dele, assista ao vídeo abaixo.



As críticas que estamos vendo por alguns segmentos da sociedade e de algumas mídias chega a beirar o desejo de um paredão de fuzilamento para o autor do pronunciamento.Poderíamos até concordar cegamente com essas críticas, caso essas palavras saíssem apenas da boca de um Estadista tão controverso. Mas, então, porque a mesma minimização, quando ditas por outras pessoas, como o renomado Dr. Dráusio Varela, ou até mesmo o Governador da Bahia e Presidente do Consórcio Nordeste (uma liga de governadores de esquerda que chefiam os estados do nordeste do Brasil), Rui Costa, não causam nenhum tipo de comentário? Para que você possa entender melhor e fazer o melhor juízo de valor, assista aos vídeos em que essas autoridades também chamam o Coronavírus de gripezinha.





Ora, em consequência das palavras do presidente, diversas entidades se pronunciaram, para conseguir a visibilidade da publicação em determinadas redes de comunicação, como os Secretários de Saúde dos Estados do Nordeste (do Consórcio Nordeste), do MBL e de algumas pessoas técnicas que desejam que o presidente saia do comando da nação de forma imediata, sem mencionar os impactos na economia, que ajudaria na análise completa da situação. Vejam.





Por outro lado, alguns outros profissionais de saúde tentam mesmo a revelia das emissoras do contra, bem como a imprensa a favor da Presidência, explicar à nação, também com linguagem técnica, que o colapso da economia pode ser tão prejudicial como a pandemia em questão. Alegam que o controle e a proteção devem acontecer para o tão falado “grupo de risco” e mostram que a densidade demográfica de países da Europa é, muitas vezes, muito diferente da densidade demográfica de Estados e Cidades brasileiras que poderiam estar protegidas, mas não precisariam estar em estado de quarentena total, até porque esse vírus já é conhecido pela população desde maio de 2003, como publicado na revista Saúde, da Editora Abril. Analisem os fatos a seguir.






Ainda podemos, é claro, contar com textos e vídeos de diversas pessoas comuns, a favor ou contra o Presidente do país, sendo que muita coisa deve ser descartada, considerando o extremo viés político, mas muita coisa pode ser aproveitada para a formação de seu juízo de valor, pois são bem maduros e concatenados, nos transmitindo uma firmeza de pensamento, para que possamos absorver algo para nossas própria opinião. Embora o anonimato de diversas publicações nos deixe de sobreaviso quanto à boa fé dos autores, textos como o que segue, que fora inicialmente publicado em uma rede social, mas que já está difundido até no Whatsapp, transmitem a seriedade e serenidade que mencionamos.


“𝐑𝐄𝐒𝐔𝐌𝐎 𝐃𝐎 𝐃𝐈𝐒𝐂𝐔𝐑𝐒𝐎 𝐃𝐎 𝐁𝐎𝐋𝐒𝐎𝐍𝐀𝐑𝐎 (com interpretação).


1. As pessoas que não estão inclusas nos grupos de risco podem voltar ao trabalho. Isso vai garantir a estabilidade econômica e social do Brasil. É importante que todos mantenham a higiene e se comportem como pessoas civilizadas.


2. Aqueles que se enquadram em um grupo de risco, tais como pessoas acima dos 60 anos, gestantes, pessoas com baixa imunidade, hipertensos, diabéticos, pessoas com câncer etc., permaneçam em casa, em isolamento total e mantenham a higiene.


3. O presidente, em seu discurso, não disse que era recomendável que todos voltassem ao trabalho. É importante entender isso.


4. Muitos não entenderam a referência à gripe, pois não acompanham o Twitter, nem a pessoa que Bolsonaro veladamente citou, que falou a mesma coisa (Drauzio Varella, funcionário da #Globolixo e que, ao que tudo indica, não é doutor, mas médico).


5. A mídia, em especial a Rede Globo (#Globolixo), estão promovendo o pânico de diferentes formas.


Em outras palavras, pessoas saudáveis, trabalham. Pessoas que integram algum grupo de risco, devem permanecer em isolamento total. Pessoas inteligentes filtram e interpretam o que a mídia diz e aqueles que tem algum grau de analfabetismo funcional, que procurem aprender (especialmente interpretação de texto).


Caso isso não aconteça:


1 – a recessão brasileira será imensa e todos sofrerão as consequências: saudáveis e integrantes de grupos


2 – a esquerdalha promoverá o pânico para tentar voltar ao poder e isso é altamente perigoso, por diversos motivos (entendedores, entenderão);


3 – a histeria pode se espalhar (ela já dá sinais alarmantes: estoque de comida, prática de preços abusivos etc.).


Assim, mantenha a higiene em dia, procure se informar adequadamente, pense no próximo e 𝐥𝐮𝐭𝐞 𝐝𝐞 𝐟𝐨𝐫𝐦𝐚 𝐚𝐠𝐮𝐞𝐫𝐫𝐢𝐝𝐚 𝐩𝐞𝐥𝐨 𝐛𝐞𝐦 𝐝𝐨 𝐁𝐑𝐀𝐒𝐈𝐋. "


Por fim, selecionamos dois vídeos que nos foram encaminhados, um de uma conhecida personalidade da Filosofia brasileira, o Dr. Mário Sérgio Cortella, que explica porque ele não é da classe dos pessimistas, e de uma personalidade anônima que tenta explicar o que parece estar acontecendo com parte da população brasileira (a minoria derrotada nas últimas eleições presidenciais), para que possamos robustecer nossas opiniões pessoais. Veja aqui.




E, para quem não acredita que os bastidores da política estão mudando constantemente, vejam o que o Presidente do Consórcio Nordeste e Governador da Bahia fez para agradecer a simples reunião do presidente com os governadores do país.



Em último caso, olha o que o apresentador “meme” do Brasil, Sikêra Jr., manda que façamos com nossas TVs, mesmo sendo ele apresentador de um canal de TV.



Agora, que entendemos ter contribuído para sua opinião própria, sem que seja conduzido para o lado A ou B, se quiser contribuir com nossa sociedade, comente em nossas redes sociais, para que possamos levar ao debate, dentro da civilidade e educação, e para que outras pessoas possam ler e analisar, também, a sua opinião sobre todos esses assuntos e não sejamos mais reféns da rede de TV X ou da rede de TV Y. Já que está mesmo em casa, sem ter muita coisa pra fazer, participe. E lembre-se que nossa equipe do Cartaz da Cidade está atenta às notícias regionais e locais, para que você sempre possa fazer seu juízo de valor.