Cedeu a pressão: Rui libera PM para cargo federal após tensão entre policiais



O governador Rui Costa (PT) liberou o capitão da Polícia Militar da Bahia André Porciuncula para assumir um cargo na Secretaria de Cultura do Governo Bolsonaro depois de muita pressão interna e nas redes sociais.


O aumento da tensão entre policiais militares e a pressão de bolsonaristas nas redes sociais, como o vereador Alexandre Aleluia (DEM), principal representante do bolsonarismo na Bahia, que não poupou críticas ao governador nos últimos dias, e até do filho do presidente da República Eduardo Bolsonaro, foram determinantes para a decisão do governador.


Rui foi informado por assessores próximos que dentro da tropa o crescimento da insatisfação era evidente e poderia atingir consequências imprevisíveis.


O veto ao PM indicado por Bolsonaro a um cargo federal provocou diferentes reações entre policiais, desde desprestígio até outros que começaram a falar em paralisação.


Na última sexta-feira, o governador concedeu a André licença não remunerada. Com a liberação do governador, o capitão da PM pode agora tomar posse no novo cargo. Ele voltou a ser nomeado nesta quarta-feira (30) pelo Governo Federal.



Fonte: Política ao Vivo

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087