Centrão tenta mudar critérios para distribuição de R$ 10 bilhões no combate à pandemia



Uma ofensiva do centrão travou o acordo firmado entre o ministro interino da saúde, general Eduardo Pazuello, com municípios e estados. Eles discutem a distribuição de R$ 10 milhões, da Medida Provisória 969, que serão partilhados entre os entes federativos para o combate à pandemia do novo coronavírus.


Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, a pasta havia definido critérios técnicos, a exemplo da taxa da população e da capacidade assistencial instalada, para fazer o repasse. No entanto, o centrão quer uma distribuição política. Com isso, o tema foi retirado da pauta da Comissão Tripartite, que conta com a presença de Pazuello e secretários, pouco antes da reunião na quinta-feira (18).


Fonte: BN