Coletiva de imprensa demonstra a fraqueza do PCdoB em Juazeiro



Após a coletiva de imprensa concedida pelo Partido dos Trabalhadores (PT) de Juazeiro, na última quinta-feira (3) , quando foi anunciada oficialmente a pré-candidatura do já então prefeito do município, Paulo Bomfim, e a formação de sua chapa, tendo Chales Leão, ex-Delegado da Polícia Civil e ferrenho opositor de Bomfim na eleição passada (2016), na condição de candidato a Vice-Prefeito, o PCdoB, através de seus principais representantes, concedeu uma entrevista coletiva, na tarde desta sexta-feira (4), no Grande Hotel de Juazeiro.


O PCdoB, que já tinha escolhido como pré-candidata à Vice-Prefeita, imaginando poder formar a chapa com Paulo Bomfim, a “camarada” Lorena Pesqueira, ficou para traz na tentativa de, mais uma vez, encabeçar um projeto político para a cidade que o mantivesse no governo municipal.


Os representantes do PCdoB, mesmo em meio às chateações demonstradas desde o anúncio de Charles Leão como candidato à Vice-Prefeito, reafirmaram os sentimentos de fidelidade e companheirismo a Paulo Bomfim, declarando que o partido continuará apoiando sua candidatura e lutando para que o então prefeito se mantenha no poder por mais um mandato.


O fato intrigante de toda essa situação é que, mesmo após o recebimento das duas apunhaladas pelas costas (a desfiliação de Isaac Carvalho e de Paulo Bomfim do PCdoB para ingressarem no PT e o recente anúncio do candidato a Vice-Prefeito na chapa do PT) o PCdoB parece se manter muito“fiel” e “compromissado” à dupla traidora,mesmo com o fato de o PT encabeçar uma nova chapa com um ex-opositor, Charles Leão, que passou anos "sumido" de Juazeiro, após a eleição municipal passada, só reaparecendo agora, na “boca da eleição”, como se estivesse vindo cobrar algum tipo de dívida política, já que corre nos bastidores da política municipal a informação de que ocorrera uma “falsa oposição” na eleição passada, servindo, apenas, como pano de fundo para a retirada de alguns votos do então segundo colocado, Joseph Bandeira. Isso deixou o caminho livre para Paulo Bomfim vencer aquela eleição, mesmo com uma pequena diferença de votos.

O importante, entretanto, é que, sem provas, só nos resta tentarmos descobrir como quatro anos foram suficientes para unir duas pessoas que se odiavam tanto e trocavam tantas“farpas” em 2016, para, agora, estarem entre abraços apertados e trocas de carinho.


Sigamos em frente, pois essa política de enganação ainda poderá ter muitos capítulos em nossa cidade. Que vença o melhor, sempre na esperança de que o melhor não engane mais o povo, já tão sofrido pelos desmandos vivenciados e amplamente relatados durante os últimos anos, em toda a internet e redes sociais. E que o PCdoB encontre o melhor caminho para conquistar o que almeja para a população, sem precisar cair na “boca do povo” quanto à possível covardia demonstrada na data de hoje.

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087