Com Covid-19, novo secretário de Segurança Pública da Bahia toma posse em cerimônia virtual



O novo secretário de Segurança Pública da Bahia, Ricardo Mandarino, tomou posse do cargo nesta segunda-feira (28), durante cerimônia virtual, já que foi diagnosticado com Covid-19.


O ato também marcou a posse do novo subsecretário de Segurança Pública, Hélio Jorge, e da nova delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Brito. Além dos três, a cerimônia contou com a participação do governador Rui Costa, que destacou os currículos do secretário, subsecretário e delegada-geral.


Conversando com Hélio Jorge, Rui Costa afirmou que a história profissional do de Ricardo Mandarino se completa com a do novo subsecretário.


"Acredito muito em equipes que se completem, que as histórias profissionais possam se completar mutuamente, que é o que acho com o currículo do Ricardo e o seu", falou o governador.


Durante discurso, o novo secretário de Segurança Pública falou um pouco sobe o currículo e destacou o combate ao tráfico de drogas, entretanto deixou claro que a política de enfrentamento com violência já se provou inadequada.


"Sobre a questão da violência, temos que identificar os pontos de fragilidade. Entendo que a grande questão é o trafico de drogas... Devemos abrir um debate nacional sobre a politica de enfrentamento, mas nada impede que façamos uma grande publicidade contrária ao consumo de drogas", falou Mandarino.


Ele também destacou que esse combate não significa que abusos policiais serão tolerados. "Entendo que a polícia pode ser humana e eficiente ao mesmo tempo", disse o secretário.


O novo subsecretário, Hélio Jorge, agradeceu o convite para assumir o cargo e também falou sobre seu currículo, que conta com 25 anos de Polícia Civil. Ele destacou o trabalho de inteligência policial como chave para combater o crime organizado.


"A gente pretende fazer a policia de forma planejada, para obter êxito nas situações de violência e criminalidade que afetam nosso estado. Temos um grande objetivo que é a criação do nosso sistema de inteligência, visando a antecipação de ameaças. Não mediremos esforço no combate ao crime organizado", afirmou.


A nova delegada geral, a primeira mulher a ocupar o cargo, contou um pouco sobre sua história na Polícia Civil e falou sobre o convite para ocupar o cargo. "Tenho consciência da responsabilidade que tal indicação representa. Trata-se de uma quebra de paradigmas para a corporação e para sociedade baiana", falou Heloísa Brito.


Ela ainda destacou o combate aos crimes contra as mulheres. "Vamos focar na instalação de núcleos de combate aos crimes contra a mulher. Devemos continuar na busca da excelência das apurações, da gestão inteligente", falou.


Fonte: Redação Cartaz da Cidade


Sua opinião é importante para nós. Faça o login e deixe seu comentário no rodapé de nossas matérias. O CARTAZ DA CIDADE agradece por sua participação.

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087