Com gol de Eron nos minutos finais, Vitória bate o Vitória da Conquista.


No duelo de “xarás”, quem se deu bem foi o time rubro-negro. O Vitória venceu o Vitória da Conquista por  2 a 1, neste domingo (2), no Estádio Lomanto Júnior, válido pela quarta rodada do Campeonato Baiano. O Leão saiu na frente com Levi e Nonato igualou para os donos da casa, ainda na etapa final. Porém, já no fim do segundo tempo, Eron decretou o triunfo da equipe dirigida por Agnaldo Liz.


Pelo Campeonato Baiano, o Vitória só volta a campo no dia 15 de fevereiro. O time rubro-negro pega o Atlético de Alagoinhas, às 16h30, no Barradão, enquanto o Vitória da Conquista encara o Bahia de Feira, no dia 16, às 16h, no Estádio Lomanto Júnior.


O JOGO


O Vitória da Conquista partiu para cima dos visitantes e criou a primeira oportunidade aos quatro minutos. Magalhães recebeu em profundidade e bateu rasteiro. A bola passou muito próxima do gol.


Em sua primeira oportunidade, o Vitória abriu o placar. Levi recebeu belo passe de Figueiredo e chutou com força. O goleiro Lucas Gomes tentou dar um tapa e colocou a bola para dentro do gol. O atleta rubro-negro estava um pouco à frente, mas o árbitro não marcou impedimento e validou o gol.


Um minuto depois de abrir o placar, o Vitória quase ampliou com Eron. Ele dominou no peito e soltou a bomba. A bola bateu na rede pelo lado de fora.


O Vitória da Conquista não se abateu com o gol sofrido e saiu em busca de espaços. Aos 23, Danúbio cobrou escanteio e Silvio cabeceou com força, porém João Pedro defendeu.


Aos 36, Danúbio foi lançado, invadiu a área e caiu após se aproximar de João Pedro. O pênalti não existiu, mas o árbitro marcou. Nonato cobrou, bateu no canto de Joao Pedro, que pulou na bola e fez a defesa.


No entanto, Nonato conseguiu se redimir após perder um pênalti. A defesa do Vitória bobeou, Rafinha Magalhães invadiu a área e tocou para Nonato, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes aos 42.


Segundo tempo

No intervalo, o técnico Agnaldo Liz fez uma mudança. Ele colocou o atacante Negueba no lugar de Caíque Souza.


A etapa final iniciou começou amarrada, com erro na troca de passes das duas equipes.


Aos 20, Negueba fez boa jogada individual e arrematou de fora da área. O goleiro do Vitória da Conquista defendeu com tranquilidade. Um minuto depois, o Vitória da Conquista chegou com Dinda, que chutou travado e mandou por cima do gol.


O jogo caminhava para um empate. Porém, Eron recebeu passe na entrada da área,  aos 44, mandou no cantinho e estufou às redes.



Fonte: Bahia Notícias

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087