Com troca de comando da Petrobras, quatro conselheiros da estatal deixam cargo



Quatro conselheiros da administração da Petrobras - João Cox Neto, Nivio Ziviani, Paulo Cesar de Souza e Silva e Omar Carneiro da Cunha - anunciaram ontem (2) as suas saídas dos cargos, após a troca do presidente da estatal.


O presidente da República Jair Bolsonaro anunciou no dia 19 de fevereiro que o general Joaquim Silva e Luna é o indicado para comandar a Petrobras no lugar de Roberto Castello Branco, que deixa a presidência da empresa no dia 20 de março.


Em um comunicado, Cox Neto e Ziviani agradeceram o convite enviado pela estatal para permanecerem no Conselho, mas o declinaram por "razões pessoais". Carneiro da Cunha, ex-presidente da Shell, também recusou a proposta “em virtude dos recentes acontecimentos relacionados às alterações na alta administração da Petrobras, e os posicionamentos externados pelo representante maior do acionista controlador da mesma”.




Fonte: Metro1

Sua opinião é importante para nós. Faça o login e deixe seu comentário no rodapé de nossas matérias. O CARTAZ DA CIDADE agradece por sua participação.