Comissão da covid-19 aprova audiência com Wagner Rosário, ministro da CGU



A comissão mista que acompanha as medidas de combate à covid-19, em reunião nesta terça-feira (7), aprovou requerimento de audiência pública remota para ouvir o ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário. A intenção dos parlamentares é debater e acompanhar com o convidado as perspectivas de transparência, execução orçamentária e financeira e as metas fiscais relacionadas ao enfrentamento da pandemia. A audiência ainda não tem data marcada.


Educação


Os parlamentares também aprovaram a inclusão do nome de Ilona Becskházy, secretária da Educação Básica do Ministério da Educação, para a audiência pública que vai discutir, nesta quinta-feira (9), a situação da educação brasileira durante a pandemia causada pelo novo coronavírus. Nesta reunião serão ouvidos também Cecília Mota, presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed); Luiz Miguel Garcia, presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime); e Luiz Roberto Curi, presidente do Conselho Nacional de Educação (CNE).


Os rumos da educação brasileira, seus impactos, desafios, soluções práticas e as perspectivas da retomada do ensino com mitigação dos impactos da pandemia também serão discutidos em outra audiência pública da comissão mista.


De acordo com o requerimento aprovado para essa reunião, que deve ocorrer no fim do mês, foram convidados Ariosto Antunes Culau, secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC); Ademar Batista Pereira, presidente da Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep); Priscila Cruz, presidente-executiva do Movimento Todos pela Educação; e Karla Priscila, pedagoga e especialista em tecnologia educacional responsável pelo conteúdo digital do portal novaescola.org.br.


Dados científicos


Para a audiência que debaterá a atualização dos dados científicos relacionados à covid-19, informações sobre testes diagnósticos, tratamentos, imunologia, prognóstico da evolução da doença, os congressistas aprovaram a inclusão dos nomes de Jacson Venâncio Barros, diretor do Departamento de Informática do SUS (Datasus), e Socorro Gross Galiano, representante da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).


Crédito


Na audiência desta terça-feira, que debateu as dificuldades de acesso ao crédito de empresas de pequeno porte, também foi aprovada a inclusão do nome de José Edvaldo Nunes, presidente da Federação das Micros e Pequenas Empresas do Ceará.



Fonte: Agência Senado

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087