Consórcio Nordeste alugou sala por R$ 2,3 milhões em Brasília



O consórcio composto pelos nove estados do Nordeste e gerido pelo governador Rui Costa assinou um contrato de locação de uma sala em Brasília por R$ 38 mil mensais, cerca de R$ 2,3 milhões até o final do contrato acordado em 60 meses.


De acordo com o jornalista Marcelo José, o contrato foi assinado em 27 de novembro de 2019 e tem vigência até novembro de 2024, dois anos após o término dos mandatos dos atuais governadores. 

O imóvel é descrito como uma sala, situada em uma sobreloja, com área privativa de 342 m2 , área comum de divisão proporcional de 56,30 m2, área total de 398,30 m2. O contrato foi assinado pelo secretário-executivo do Consórcio Nordeste, Carlos Gabas.


Sala alugada pertence a ex-governador


O escritório escolhido pelo Consórcio do Nordeste para ser sua sede em Brasília, é de propriedade de um ex-governador, segundo o site Política ao Vivo.


Ainda de acordo informações do política ao Vivo, Paulo Octávio, ex-governador do Distrito Federal, é dono da Paulo Octávio Investimentos Imobiliários, que por sua vez é dona da sala alugada pelo Consórcio do Nordeste.


Paulo Octávio foi um dos réus da Operação Caixa de Pandora, que revelou o maior escândalo de corrupção do Distrito Federal. O esquema compreendia o desvio de recursos públicos e o pagamento de propina que envolvia agentes do Executivo, do Legislativo e empresários.



Fonte: Bahia Notícias e Política ao Vivo

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro-BA, 48904-087