Coronel diz que Carnaval 2021 será realizado na data oficial se Isidório ganhar eleição




Questionado neste domingo (20) sobre a polêmica do adiamento do Carnaval 2021 anunciada pelo atual prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), devido à pandemia do novo coronavírus, o senador Angelo Coronel (PSD), coordenador de campanha na chapa “Vamos Cuidar de Gente” (composta pelo PSD, AVANTE e PMB), afirmou que a data será mantida em fevereiro, caso os postulantes à Prefeitura Pastor Sargento Isidório e Eleusa Coronel estejam à frente do governo municipal no próximo ano.


“Os artistas, os setores de eventos, serviços e hoteleiro foram os seguimentos mais prejudicados nessa pandemia e um adiamento do carnaval seria mais uma catástrofe anunciada”, alega o senador. Coronel declarou que já conversou com Isidório e Eleusa e ambos concordaram com a manutenção da data original. “Vamos precisar ajudar os artistas e os seguimentos envolvidos e mudar a data do carnaval é falta de sensibilidade com o setor”, assegura Isidório.


Eleusa Coronel também acredita que a data original deve ser mantida. “O pior já passamos, a pandemia está se esvaindo e até fevereiro estaremos livres, se Deus quiser e não haverá mais motivo para o adiamento”, explica.


Angelo Coronel torce para que o atual prefeito volte atrás e anuncie a manutenção da data para que o seguimento possa se planejar.


Para o senador, o Carnaval é uma festa macro que precisa de planejamento prévio para todos os envolvidos se organizarem e refazer esse planejamento seria ainda mais prejudicial. “Salvador com a mudança da data sofrerá um prejuízo sem precedentes”, diz Coronel.

Artistas e pessoas que trabalham no carnaval ouvidas pela reportagem e preferiram o anonimato, disseram que já tem pessoas passando necessidade em virtude do paradeiro e uma mudança na data do carnaval seria acabar de matar o seguimento.


O projeto de fazer a festa cristã, já denominada de “CRISTOVAL” logo após o carnaval, anunciado por Isidório e Eleusa, será um alento para o seguimento de eventos, de acordo com eles. “Será a maior festa cristã do mundo, na qual pretendemos reunir todas as religiões existentes para reverenciarmos à Cristo”, explica Isidório.


“É preciso restabelecer a fé e a solidariedade entre nossos irmãos, portanto, parabenizo e louvo essa ideia do Cristoval”, disse um Padre que preferiu não se identificar. Segundo  pastor Isidório, “as pessoas precisam ser solidárias e esse evento cristão é necessário”. Ele acredita que o Cristoval se firmará no calendário de eventos de Salvador. “Esse evento da fé movimentará o setor hoteleiro e todo seguimento de eventos, gerando emprego e renda, além de implantarmos definitivamente o turismo religioso em Salvador”, assegura Eleusa Coronel.



Fonte: Política Livre

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087