Dallagnol deve ir ao STF para derrubar advertência alegando prescrição



A defesa do procurador do Ministério Público Federal (MPF) Deltan Dallagnol prepara um mandado de segurança ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a advertência que o procurador recebeu do Conselho Nacional do Ministério Público, nesta terça-feira (27), por ter dito que alguns ministros do STF aparentavam “leniência com a corrupção”.

Um dos questionamentos que será feito pelos advogados diz respeito aos critérios de cálculo do tempo em que de processos administrativos disciplinares prescrevem no CNMP.

A defesa de Deltan entende que o prazo para que o caso que lhe rendeu uma punição nesta terça expirou em outubro e vai sustentar, com base nessa tese, que o processo não poderia ter sido julgado pelo colegiado.





Fonte: Bahia Notícias

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro-BA, 48904-087