Decreto do Governo Federal extingue 21 mil cargos, funções e gratificações.


Nesta quarta-feira (13), um decreto publicado pelo Governo Federal, extingue cerca de 21 mil cargos, funções comissionadas e gratificações no serviço público federal. Com esse corte, estima-se uma economia anual para os cofres públicos de R$ 195 milhões. Essa medida é uma das metas para os primeiros 100 dias do governo do presidente Jair Bolsonaro.


A maior parte dos cargos que serão extintos, não causará a demissão de trabalhadores, porque muitos cargos são uma espécie de adicional pago ao servidor público que passa a exercer determinada função. O decreto, que foi publicado no Diário Oficial da União, diz que os ocupantes das vagas ficam automaticamente dispensados ou exonerados.


Esse documento não informa as áreas atingidas pelo corte, e o governo também não informou qual o número de postos que já estavam vagos. A administração federal tem hoje, cerca de 120 mil cargos em comissões, funções e gratificações. Esse decreto estabelece que 17,5 mil postos sejam extintos. Desse número, cerca de 5100 postos deixarão de existir imediatamente. Outros 12,4 mil serão extintos até o dia 31 de julho.

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro-BA, 48904-087