Defensoria solicita dados sobre incidência da Covid-19 na população negra



A Defensoria Pública do Estado da Bahia (DP-BA) solicitou à secretária de saúde do estado e da prefeitura de Salvador informações sobre os dados de incidência da Covid-19 na população negra baiana, além de recomendar novos critérios para a divulgação destas informações.


A recomendação, feita por meio da Especializada de Direitos Humanos, pede que os órgãos de saúde divulguem dados oficiais relativos a casos suspeitos, confirmados e curados de infecção pela Covid-19, além das mortes confirmadas e suspeitas, levando em consideração critérios de raça, gênero, faixa etária, deficiência e, quando for o caso, indicando o pertencimento da vítima à comunidade quilombola ou tradicional, ou ainda, quando se tratar da população indígena.



Apesar de não terem sido divulgados ainda dados sobre o impacto do coronavírus na Bahia com estas especificações, segundo informações recentes do Ministério da Saúde pretos e pardos representam quase 1 em cada 4 dos brasileiros hospitalizados com Síndrome Respiratória Aguda Grave (23,1%), mas chegam a 1 em cada 3 entre os mortos por Covid-19 (32,8%).


Além disso, desde 2017 o Brasil conta com a portaria nº 344 do Ministério da Saúde a qual determina que informações sobre raça e cor devem estar em todos instrumentos de coletas de dados utilizados pelos serviços públicos e nas pesquisas do Sistema Único de Saúde (SUS).

Fonte: Bahia Notícias

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087