Derrota do PT em Feira e Conquista deixa Rui Costa “nu” e compromete projeto para 2022



A derrota do PT em Feira de Santana e Vitória da Conquista, com Zé Neto e Zé Raimundo, respectivamente, deixou o governador Rui Costa (PT) sem discurso e com sua estratégia eleitoral desmontada.


Rui se engajou pessoalmente no segundo turno nas duas cidades. Participou de carreatas, fez reuniões com empresários, e pediu votos nas redes sociais para os dois candidatos do PT.


O governador agora mostrou para a cúpula nacional do partido que nem a máquina estadual com a sua presença nas cidades conseguiu convencer o eleitor de que o projeto petista era mais qualificado para os municípios.


Rui também saiu menor desta eleição, já que partiu para o ataque contra os adversários de seus correligionários. Neste final de semana, por exemplo, chamou Colbert Martins (MDB), eleito em Feira de Santana, de “incapaz e incompetente”.


Com a derrota do PT nas duas maiores cidades do interior da Bahia, o projeto do partido para 2022 corre sério risco. Agora, Jaques Wagner, candidato virtual a governador, terá que remontar toda a sua estratégia se quiser ter chances de voltar ao Palácio de Ondina.



Fonte: Política ao Vivo



Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087