Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro-BA, 48904-087

Edcarlos tenta rescisão amigável com o Vitória e diz que não recebe salários há cinco meses.


Afastado do elenco principal do Vitória desde maio, o zagueiro Edcarlos revelou que o clube lhe deve cinco meses de salários e que busca uma rescisão amigável.


Meu salário está atrasado. Mais tempo do que os atletas que estão atuando. Não recebo há cinco meses. Tive uma conversa com Paulo Carneiro (presidente do clube) e batemos um papo por bastante tempo. Ele me disse que não era nada pessoal, mas que tinha tomar decisões e que ele tinha convicções e que vai seguir com essas convicções. Como sou funcionário do clube, acatei. E a gente tem que resolver da melhor forma possível essa situação e que seja bom para ambos os lados, pois a partir do momento que um jogador tem contrato com o clube, temos obrigações com o clube e o clube com o atleta. Ficamos de resolver essa parte da rescisão”, disse em entrevista à Rádio Sociedade, de Salvador.


Durante a apresentação do técnico Carlos Amadeu, na última terça-feira (6), Paulo Carneiro disse que Edcarlos foi afastado por deficiência técnica. O defensor minimizou a declaração e preferiu não polemizar. “Não posso ficar em um lugar que não sou bem visto. É resolver para ficar tudo tranquilo e o Vitória seguir sua caminhada. Tenho certeza o time vai reverter essa situação (na tabela)”, pontuou.


Edcarlos ainda garantiu que tem recebido sondagens de outros clubes, mas que preferiu permanecer em Salvador por questões familiares. “Tem algumas coisas em andamento. Surgiram algumas coisas, mas pesei pelo lado da família. Minha filha está estudando aqui em Salvador e não quero tirar ela da escola. Meu real interesse era de permanecer... Estou conversando e espero definir a situação aqui no Vitória para que eu possa ficar mais livre e definir outras situações”, destacou.




Fonte: Bahia Notícias