Enterrado casal morto a tiros em edifício de Salvador



Suspeita da polícia é de que Isabela matou Elton e se suicidou

Os corpos do administrador e empresário Elton Gonçalves Campelo, 35 anos, e da namorada dele, Isabela Valença, 33, foram enterrados na manhã desta terça-feira (12). O velório de Elton foi realizado no cemitério Jardim da Saudade, no bairro de Brotas, em Salvador. Já Isabela foi sepultada em Petrolina, no estado de Pernambuco.


Os dois estavam no edifício Terrazzo Imperiale, que fica no Horto Florestal, um dos bairros mais nobres de Salvador, quando o crime aconteceu no último domingo (10). A suspeita da polícia é de que Isabela matou o namorado e cometeu suicídio em seguida.


O caso é apurado pela delegada Marta Karine, da 1ª Delegacia de Homicídios. Sobre o andamento da apuração, a Polícia Civil informou que “os detalhes da investigação estão sob sigilo, com o objetivo de evitar interferências no curso da mesma”.


O enterro de Elton estava marcado para acontecer às 11h, mas desde 9h30, já havia uma movimentação intensa de pessoas na Capela do Jardim da Saudade. A família dele comanda o Curtume Campelo, que já foi símbolo de desenvolvimento na região do Vale do Rio São Francisco. A família pediu que a cerimônia fosse reservada a parentes e amigos, e, por causa disso, a imprensa acompanhou à distância.


O velório se encerrou com meia hora de atraso, por volta das 11h30. Depois, o corpo de Elton foi transportado da capela para o sepultamento. Mesmo com o fim da cerimônia, parentes e amigos do administrador não quiseram comentar o assunto.


Foto/Reprodução: Nara Gentil/CORREIO


Já o corpo de Isabela foi liberado na noite deste terça-feira (11) para Petrolina, para enterro nesta quarta-feira, segundo o Departamento de Polícia Técnica (DPT).


De acordo com a investigação da polícia, na tarde de domingo, os corpos de Elton e Isabela foram encontrados pelos pais de Elton, a decoradora Elza Campelo e o empresário Gladston Campelo, donos do apartamento, que estavam em outro quarto na hora do crime.

Elton e Isabela foram mortos com tiros na cabeça. O corpo dele foi encontrado em cima da cama da suíte onde o casal estava, enquanto o dela foi achado no banheiro do cômodo. Ao lado dela, estava a arma do crime, uma pistola que pertencia a Elton, que tinha porte de arma.


As circunstâncias reforçam a hipótese da polícia para o crime: um homicídio seguido de suicídio. Segundo a Polícia Civil, o pai do empresário se assustou ao ouvir um barulho de tiro e foi ao quarto do casal, que passava as férias em Salvador.


Elton morava em Juazeiro, na região do Vale São Francisco, onde nasceu. Já Isabela morava em Petrolina, cidade vizinha, em Pernambuco. Ainda segundo informações preliminares, não houve nenhuma discussão do casal momentos antes do crime. No sábado (8), horas antes do assassinato, Isabela chegou a postar uma foto com o namorado em sua rede social. Os dois namoravam desde 2018. O motivo do crime ainda é um mistério para polícia e também para os parentes de Elton. “Me perdoe, mas está sendo muito difícil para todos nós. Ninguém tem explicação para o que aconteceu, para nada”, disse emocionada, nesta segunda-feira (11), a prima de Elton, Lívia Campelo.



Fonte: Correio24h


Sua opinião é importante para nós. Faça o login e deixe seu comentário no rodapé de nossas matérias. O CARTAZ DA CIDADE agradece por sua participação.




Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087