Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro-BA, 48904-087

Especial de Natal do Porta dos Fundos deverá sair do ar, após determinação da Justiça.



A Justiça do Estado do Rio de Janeiro, através do Desembargador Benedicto Abicair, determinou, em caráter liminar (provisório) que o Netflix retire do ar imediatamente, o 'Especial de Natal do Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo', bem como Trailer, Making off, propagandas e qualquer alusão publicitária ao filme. A decisão manda ainda que a produtora e distribuidora Audiovisual Porta dos Fundos se abstenha de autorizar a exibição e/ou divulgação do Especial de Natal por qualquer outro meio, sob a pena de multa diária no valor de R$ 150 mil.


A decisão do Desembargador atende ao pedido da Associação Dom Bosco Fé e Cultura. O Especial de Natal Porta dos Fundos insinua que após Jesus ter passado 40 dias no deserto, o mesmo teria tido uma experiência homossexual.

Na decisão, o desembargador Benedicto Abicair diz que: "As liberdades de expressão, artística e de imprensa são primordiais e essenciais na democracia. Entretanto, não podem elas servir de desculpa ou respaldo para toda e qualquer manifestação, quando há dúvidas sobre se tratar de crítica, debate ou achincalhe. O debate consiste na troca de opiniões. A crítica, na avaliação contrária a gostos ou princípios. Achincalhe consiste em desmerecer algo ou alguém por motivos subjetivos, sem medir consequências."


Em nota, a produtora e distribuidora Audiovisual Porta dos Fundos afirmou que ainda não foi notificada da decisão da Justiça.