Estoque de cloroquina no país aumenta 30% em meio a defesa firme de Bolsonaro

Dos 11,6 milhões de comprimidos disponíveis, 1,25 milhão foram produzidos pelo Exército




O estoque disponível no país de medicamentos à base de cloroquina e hidroxicloroquina aumentou 30% em menos de um mês, segundo dados da indústria farmacêutica e do Exército compilados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A informação é do jornal O Globo.


De 8,9 milhões de comprimidos no fim de março, o volume passou para 11,6 milhões na segunda semana de abril. Boa parte desse aumento se deve à atuação das Forças Armadas: 1,25 milhão de comprimidos foram produzidos pelo Exército no período.


As informações estão em um ofício enviado pela Anvisa ao Ministério da Economia na última quinta-feira. O documento também inclui dados da comercialização do medicamento: cerca de 3,4 milhões de comprimidos foram consumidos por mês no país no primeiro semestre do ano passado. Os remédios são usados por pacientes com lúpus, malária e artrite reumatoide.



Fonte: Metro 1

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087