Falha de manutenção levou à queda de helicóptero que matou Boechat, diz relatório da FAB


Foto : Divulgação/Band


A investigação entendeu que "houve ineficiência, por parte do piloto, quanto à organização de manutenção, no acompanhamento e na execução dos processos de manutenção" do helicóptero.

Um relatório do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da FAB, aponta que uma série de falhas de manutenção foi responsável pela queda do helicóptero que transportava o jornalista Ricardo Boechat e o piloto Ronaldo Quattrucci, em fevereiro de 2019. O documento foi divulgado na tarde de ontem (29).


De acordo com o relatório, o piloto tomou atitudes consideradas erradas durante a operação do helicóptero, como não verificar se os instrumentos de bordo estavam funcionando perfeitamente. "Não foi encontrado nem foi apresentado nenhum registro de revisão geral do compressor desde 1988", apontou o Cenipa.


Confira todos os fatores que contribuíram para o acidente, segundo o Cenipa:

  • Manutenção da aeronave

  • Atitude do piloto

  • Cultura organizacional da empresa do piloto (que era dono do helicóptero também)

  • Indisciplina de voo do piloto

  • Julgamento de pilotagem do comandante

  • Processo decisório na hora da tragédia

A investigação entendeu que "houve ineficiência, por parte do operador (o piloto), quanto da organização de manutenção, no acompanhamento e na execução dos processos de manutenção" do helicóptero.



Fonte: Metro1

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087