Governo Bolsonaro quer Teich em investigação da OMS



O governo de Jair Bolsonaro quer que o ex-ministro da Saúde Nelson Teich seja um dos membros de uma comissão independente que irá investigar a Organização Mundia da Saúde (OMS) e seu desempenho na pandemia. A candidatura, entretanto, enfrenta uma acirrada concorrência com outros nomes da região, já que países como Chile, Peru ou México também apresentaram candidatos e existe entre grupos latino-americanos uma resistência contra nomes propostos pelo Brasil. As informações são do jornalista Jamil Chade em seu blog no portal UOL.


Segundo a publicação, a investigação sobre o comportamento da OMS diante da pandemia foi uma das exigências dos governo norte-americano.


A entidade escolheu, há um mês, as personalidades que irão liderar o processo independente: Helen Clark, ex-primeira-ministra da Nova Zelândia, e Ellen Johnson Sirleaf, ex-presidente da Libéria. No entanto, elas contarão com uma espécie de comissão e é para esse grupo que Teich foi indicado.


Teich foi o titular do Ministério da Saúde e permaneceu por apenas 29 dias no cargo, onde acenou para recomendações da agência internacional.


Fonte: Política ao Vivo

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087