Ignorando decisão do TCM, Vereadores de Juazeiro aprovam as contas do ex-Prefeito Isaac Carvalho.

17 Vereadores votaram a favor da aprovação e apenas 1, contra.

Em sessão ordinária, realizada nesta segunda (16), A Câmara Municipal de Juazeiro aprovou as contas do ex-Prefeito Isaac Carvalho, referente aos anos de 2015 e 2016, contrariando a decisão do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA).


Segundo o TCM, em 2015, havia divergências entre os valores relativos a ingressos e dispêndios extra orçamentários e até do somatório das subcontas registradas no balanço orçamentário, que pode ter decorrido de falha no sistema contábil ou da manipulação de dados. Na ocasião, Isaac foi multado em R$ 5 mil pelas irregularidades contidas no relatório técnico e em R$ 43.718,40, equivalente a 30% dos seus subsídios anuais, por não ter promovido a redução da despesa total com pessoal na forma e nos prazos previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal.


Também foi determinado o ressarcimento aos cofres municipais do montante de R$1.328,54, com recursos pessoais, por gastos com publicidade sem apresentação da matéria veiculada e pagamento indevido de multa de trânsito.


Já em 2016, de acordo com TCM, as contas de Isaac teriam sido rejeitadas em razão do descumprimento do artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que trata da ausência de recursos para pagamento de restos a pagar, e o não investimento do percentual mínimo de 25% na área da educação. O ex-prefeito foi multado em R$15 mil pelas irregularidades identificadas durante a análise das contas.


Dentre os 18 vereadores que votaram na sessão desta segunda, 17 disseram “SIM” pela aprovação das contas e apenas 1 vereador disse “NÃO”.


Espera-se que as contas aprovadas pelo poder legislativo municipal, estejam realmente corretas e que o único vereador que votou contra, não esteja com a razão.


Os vereadores que votaram pela aprovação foram:


Alex Tanuri, Roninho, Reinaldo Sabino, Aníbal Araújo, Professor Nilson, Anastácio José, Anderson Alves, Tia Célia, Amadeus dos Santos, Charles Leal, Florêncio Galdino, Jean Gomes, Hélio Coelho, José Ilton, Neguinha da Santa Casa, Inaldo Loiola e Gleidson Medrado.


O Vereador Allan Jones votou contra.

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087