Juiz baiano pede explicações a Bolsonaro sobre indicação de filho à embaixada nos EUA.


O presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) foram intimados pelo juiz baiano André Jackson de Holanda Maurício Júnior, substituto da 1ª Vara Federal, para prestar esclarecimentos sobre a indica de Eduardo à embaixada brasileira nos Estados Unidos. A manifestação do magistrado se deu por conta de uma ação popular proposta pelo deputado federal baiano Jorge Solla (PT), que alega que o chefe de Estado comete crime de nepotismo. A decisão do juiz foi publicada na última.

Presidente e deputado têm até cinco dias para se manifestarem sobre o pedido de tutela de urgência. “Como pode o presidente da República, responsável por indicar pessoas responsáveis para exercer o cargo de missão diplomática definitiva, simplesmente apontar seu filho como o adequado para o múnus de relevante presteza e detalhe técnico? Como pode ser adequado ou até legal a nomeação de seu descente, sendo que este aduz ser adequado para o cargo por ter realizado intercâmbio e fritado hambúrgueres”, diz Solla na ação.






Fonte: Bahia Notícias

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087