MÁSCARAS QUE CAEM: Paulo Bomfim diz que a prioridade dele é salvar vidas, mas...


Andaimes perigosamente armados em frente ao Paço Municipal revelam o descaso do Prefeito com as vidas dos trabalhadores que estão pintando a fachada da Prefeitura, em plena pandemia e com o comércio fechado, mesmo com a cidade vizinha (Petrolina) totalmente aberta. O comércio de Pernambuco agradece a decisão de Paulo Bomfim ao jogar todas as compras de nosso povo para aquela cidade irmã.

Por Sidney Lima


Não é difícil de escutar o Prefeito de Juazeiro, no norte da Bahia, bradando que foi a primeira cidade do estado a adotar providências de prevenção contra o Coronavírus que atinge o nosso país, como atingiu a diversos outros países do nosso planeta. Difícil é enxergar essas medidas, pois foram tão poucas e pífias, sem embasamentos científicos seguros que pudessem justificar as ações, que nem o povo acredita mais nessa ladainha.


Começou com o fechamento das escolas, o que deixou os alunos sem o conhecimento necessário para seu desenvolvimento intelectual, em 2020, e sem, sequer, ter sido configurada uma forma inteligente e viável para que esses alunos não ficassem ociosos em casa e pudessem continuar suas jornadas escolares, considerando que a pífia ideia de que todos teriam internet e equipamentos para acompanhar aulas online seria suficiente. Não é. As crianças perdem a atenção muito facilmente e, se nas aulas presenciais os professores já “cortam um dobrado” para prenderem a atenção de seus discípulos, imagine o sacrifício para se prender a atenção de uma criança no modo eletrônico, onde elas só querem saber de joguinhos e redes sociais?


Aí, vieram as “complicadas” ideias do isolamento social, como a melhor solução para se segurar o alastramento do vírus. Fecharam-se os estabelecimentos comerciais, decretaram os “toques de recolher” e se propôs, até, os lockdowns na cidade, mesmo sabendo-se que o comércio não estaria sendo o responsável pelo aumento dos números do Covid-19.

Mas, o pior de tudo é que, por trás dessas famigeradas e simplórias ideias de fechamento do comércio, hoje proibindo o funcionamento do “comércio não essencial”, existe uma alegação mentirosa de que Paulo Bomfim está fazendo isso por estar preocupado, acima de tudo, com a vida das pessoas. Ora, meu caro Prefeito, mentiras têm pernas curtas. Quer ver?


No dia de hoje (8), a convite de vários comerciantes prejudicados pelas ações arbitrárias, monocráticas e sem sentido, já que o próprio Paulo Bomfim admitiu que o comércio não foi o responsável pelo aumento do número de casos em Juazeiro, mas sim o aumento na testagem da população, fomos até a praça onde se encontra o Paço Municipal, ponto de encontro do Calçadão e da rede bancária da cidade e, pasmem os senhores, encontramos diversas situações que provam e comprovam que o Prefeito está, apenas, preocupado com as eleições do dia 15 de novembro. Acompanhe conosco o que encontramos.



Um prédio público, o Paço Municipal, sendo reformado com uma pintura externa (obra não essencial), sendo necessário para isso a montagem de andaimes perigosamente armados, sem faixas de isolamento, para fazer a população andar longe das estruturas e com os profissionais pendurados sem cintos de segurança, podendo despencar de uma altura de mais de seis metros, ou deixar cair algo na cabeça de quem estiver passando em baixo, ou, ainda, podendo criar uma boa e perigosa vídeo cassetada, com a queda de toda a estrutura na hora que alguém estiver passando em baixo. Isso é coisa de quem está preocupado com a vida das pessoas, só pra começar? Não mesmo.




Pessoas aglomeradas nas portas das agências bancárias e lotérica, ainda no meio da rua, com a Guarda Municipal assistindo a tudo. E mais, a Guarda se utilizou do espaço coberto com toldos, que deveria servir para a população ficar organizada e protegida do sol, para guardar viaturas na sombra. Isso a Assessoria de Paulo Bomfim não mostra.



O comerciante formalizado está sendo muito prejudicado, mas como a Prefeitura age com os informais (camelôs)? Cada um se vira do jeito que pode, tendo que driblar a fiscalização para conseguir uns trocados e poder SOBREVIVER em meio a tantos Decretos e mais Decretos.



E não podemos deixar de pensar que a Prefeitura de Juazeiro perdeu uma ótima oportunidade de atacar de verdade essa pandemia, com a construção de um Hospital de Campanha que, com autorização judicial, no formato da conquistada por ACM Neto, em Salvador, quando passou a reutilizar o Hospital Espanhol, poderia ser aproveitada a estrutura da Santa Casa de Misericórdia. Mas, claro que essa ideia seria muito simples, em relação às diversas ideias de fechamento e trancamento da população, que é uma coisa muito mais complexa para se pensar e executar. Sarcasmos à parte, onde está o dinheiro que o Governo Federal enviou para tratarmos do Covid-19 aqui mesmo? Não que estejamos curiosos pra saber, mas, como não temos nenhuma pauta para nossas notícias, talvez esse assunto pudesse render umas matérias pequenas e bobas que ninguém iria ler.


Enfim, nós já sabíamos que esse discurso vazio para propaganda de televisão não cola mais na cabeça da população que já consegue enxergar bem os objetivos escusos por trás dos bastidores. Paulo Bomfim proíbe o comércio não essencial, mas continua maquiando a cidade e contribuindo para que mais pessoas fiquem nas ruas. Mas, nesse caso, só vemos os trabalhadores menos favorecidos de sua administração, pois os mais abastados (e bem contratados) podem gozar do direito de receber dos cofres públicos sem exposição ao famigerado vírus.


Só rezamos a Deus para que esses benditos números da Covid-19 comecem a baixar por si só, já que, se depender das ações simplistas e pífias de “nosso” Prefeito, que declarou já estar imunizado contra o Coronavírus, sem passar para sua família e provando que o “buraco é mais em baixo”, só deveremos ter o comércio reaberto em dezembro de 2022, e olhe lá !!! Lastimável.



Sidney Lima

Pós-Graduado em Administração

de Segurança Pública e em

Publicidade e Propaganda

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087