Mensagens no WhatsApp indicam relação íntima de ex-presidente do TJ-BA com esposa de político baiano



Investigadores da Operação Faroeste descobriram mensagens no celular de Maria do Socorro, ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) que está presa, que colocam autoridades baianas e seus mais próximos familiares em suspeita.


De acordo com as mensagens, obtidas pelo site Política ao Vivo e trocadas via aplicativo WhatsApp, Maria do Socorro convida insistentemente a esposa de um político baiano para passar um final de semana em uma suposta casa sua em Praia do Forte.

Foi através dessas mensagens que investigadores descobriram a existência deste imóvel não declarado por Socorro.


Confira a descrição:


“Quer ir esse final-de-semana pra lá? Querem ir? Sexta é feriado, alguma coisa? Quer ir quinta pra lá? Ficar lá esses dias? Se quiser me avisem, tá tudo ajeitado. Veja se vocês querem ir quinta ou quarta, sei lá… vão pra lá e fiquem indo e voltando, o que que você acha? Se achar bom, já tá lá, organizem, vão vocês todos, eu até posso dar um pulinho lá no domingo, sei lá, mas vocês ficam lá, que tal? Me avisem porque eu ajeito tudo para vocês irem pra lá, tá ? Um beijo grande querida, te amo!”, teria dito Socorro.


As mensagens foram recuperadas do telefone celular da ex-presidente do TJ-BA. A troca de mensagens ocorreu no dia 13 de novembro de 2019.


De acordo com os investigadores, as mensagens indicam “a existência desse imóvel de propriedade de Maria do Socorro localizado na Praia do Forte/BA e a íntima relação de amizade entre as interlocutora”.



Fonte: Política ao Vivo

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087