Ministros tentam convencer Bolsonaro a pedir adiamento de atos pró-governo.



Após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) endossar a participação popular nas manifestações previstas para o próximo domingo (15), ministros do governo tentam dissuadi-lo da ideia para que ele peça o adiamento dos atos. Segundo o portal BR Político, ele está sendo aconselhado a fazer um gesto de "estadista" e dizer que a "saúde do povo brasileiro tem de vir antes de brigas políticas menores".


O argumento dos ministros é o avanço do coronavírus no mundo, com o surgimento de casos no Brasil, e a situação econômica.


De acordo com a publicação, o convite feito pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para que o governo lidere uma agenda propositiva de reformas foi compreendido como um desejo de trégua entre os Poderes. Além disso, outra medida no intuito de amenizar o cenário político e econômico seria o envio da reforma administrativa à Câmara ainda nesta semana, pois isso mostraria que o Palácio do Planalto está disposto a distensionar o clima com o Congresso.





Fonte: Bahia Notícias

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087