'Não vejo nenhum crime do presidente', diz Maia sobre pedidos de impeachment



Em entrevista ao programa Roda Viva, presidente da Câmara afirmou que afastamento de Bolsonaro não pode ser instrumento para solucionar crises

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou ontem (3) que não encontrou embasamento legal nos quase 50 pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro enviados ao Congresso até agora. A declaração foi dada em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura.


"Destes que estão colocados, eu não vejo nenhum tipo de crime atribuído ao presidente, de forma nenhuma", disse.


Para Maia, o impeachment não pode ser instrumento para solucionar crises."Tem que ter um embasamento para essa decisão e não encontro ainda nenhum embasamento legal", acrescentou.


Questionado sobre o motivo de ainda não ter 'engavetado' os processos, Maia justificou que isso ocuparia tempo na agenda do Congresso, que deve focar em pautas sobre o coronavírus. "Estamos no meio de um processo de pandemia e qualquer decisão agora leva um recurso ao plenário e nós vamos ficar decidindo impeachment sem motivação para isso. É por isso que eu não decido”, explicou.


O presidente da Câmara ainda fez críticas à atuação de Bolsonaro na pandemia, fato que motiva alguns dos pedidos de impeachment. "O presidente errou na questão de minimizar o impacto da pandemia, a questão da perda de vidas. Vamos chegar a 100 mil vidas perdidas. Ele minimizou, criou um falso conflito", afirmou.

Fonte: Metro1

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087