Novas polêmicas com Bolsonaro não devem impactar na votação da reforma, diz deputado.


Líder do PCdoB na Câmara, o deputado federal Daniel Almeida não acredita que as novas polêmicas envolvendo o presidente Jair Bolsonaro (PSL) irão impactar na votação da reforma da Previdência. O texto já foi aprovado em primeiro turno, mas terá que será apreciado novamente pela Casa após o recesso parlamentar.

"(A aprovação da reforma( não teve a participação direta dele. O que ele participou foi alimentando algum fisiologismo. A articulação política foi construída no ambiente do Congresso Nacional, especialmente, na Câmara, e particularmente dirigida pelo Rodrigo Maia. Esse cenário não foi desfeito. Pode ter dispersão de um ou outro voto, mas acho que não tenha potencial para alterar de forma profunda", afirmou durante a inauguração da Policlínica de Vitória da Conquista. 

Nos últimos dias, Bolsonaro defendeu que seu filho, Eduardo Bolsonaro, vire embaixador nos Estados Unidos. Além disso, atacou Fernando Santa Cruz, pai do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe de Santa Cruz, e desaparecido na ditadura. 




Fonte: Bahia Notícias

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro-BA, 48904-087