Odebrecht gasta R$ 1,5 bilhão com delações premiadas de executivos


O grupo Odebrecht teve de arcar com uma despesa de R$ 1,5 bilhão para convencer 77 executivos a se entregarem à Justiça para que a companhia pudesse negociar um acordo de leniência, segundo o jornal Valor Econômico.

O valor refere-se apenas aos gastos que o conglomerado teve com as pessoas físicas. Já o acordo corporativo da Odebrecht com Brasil, Estados Unidos e Suíça, possível devido aos relatos dos seus executivos, ficou em R$ 3,83 bilhões, com parcelas anuais até 2040. De forma simplificada, seria como dizer que o custo financeiro da Lava-Jato, sem considerar o reputacional, foi de R$ 5,3 bilhões.

O valor gasto com executivos é a soma de R$ 530 milhões em multas aos profissionais, estabelecidas pelo Ministérios Público Federal (MPF), mais gastos com advogados brasileiros e americanos e indenizações pagas mensalmente por prazo igual ao da pena recebida.



Fonte: Bahia Notícias

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087