Otto e Wagner votam a favor da PEC do orçamento que impacta nos cofres do governo.

Atualizado: 9 de Abr de 2019


Os senadores Otto Alencar (PSD e Jaques Wagner (PT), votaram a favor, na noite desta quarta-feira (3), da PEC do Orçamento, que causa impacto nos cofres do governo federal. Já Angelo Coronel (PSD) não participou da sessão, já que está internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

A proposta de emenda à Constituição, que retira do Executivo poder sobre o Orçamento, foi alterada pelo senador Esperidião Amin (PP-SC). Como houve mudanças, o texto terá que retornar à Câmara, onde a tramitação é mais lenta, para então ser promulgado.

A PEC aprovada ainda não era o que o governo queria, mas representou um avanço nas

negociações com a Câmara e o Senado. Os senadores aprovaram um aumento escalonado do percentual obrigatório das emendas coletivas: 0,8% da RCL (Receita Corrente Líquida) em 2020 e 1% no ano seguinte. O governo queria um escalonamento em quatro anos.




Fonte: Bahia Notícias

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087