Parlamentares gastam mais de R$ 13 milhões com escritórios na pandemia



Durante a pandemia, os parlamentares pediram R$ 13 milhões de reembolso para a manutenção de seus escritórios. Segundo a revista Crusoé, o valor cresceu em relação ao ano passado, quando o gasto no mesmo período foi de R$ 12,3 milhões.


O campeão na Câmara é Túlio Gadêlha (PDT), que gastou R$ 89,9 mil com o escritório. O aluguel do imóvel, localizado na Rua Alfredo Fernandes, custou a maior fatia da despesa.


O montante ainda foi utilizado na locação de computadores, materiais de audiovisual, aparelhos de ar-condicionado e cadeiras, em licenças de softwares e no pagamento de contas de água, luz e IPTU.

Fonte: Política Livre

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087