Paulo Bomfim, garoto propaganda: mas, o que mudou, se a curva não mudou?


SESAU anuncia outros casos da Covid-19, em Juazeiro, na manhã desta segunda (1). Como imaginávamos, os números não podem ter sido usados como critério para a reabertura do comércio em Juazeiro, mas, muito provavelmente, as questões políticas, ou mesmo as ações da Polícia Federal por todo Brasil, desde a semana passada.

Por Sidney Lima

Embora entendamos que a atitude de se reabrir aos poucos o comércio de Juazeiro, no norte da Bahia, tenha sido a mais acertada, gostaríamos muito que essa tomada de decisão fosse seguida da análise de dados técnicos e científicos, para que pudéssemos acreditar que estamos bem servidos de administradores da sociedade. Mas, como a ideia do fechamento também não seguiu nenhum critério científico conhecido (até por falta de estudos decisivos sobre o tema), não podemos esperar muito desse nosso Prefeito e de sua equipe de trabalho.


Entretanto, pior que um ser humano não acertar é o fato de ele não assumir o erro e, ainda, fazer propaganda com suas decisões, como se pôde ver, por exemplo, na entrevista de Paulo Bomfim à Rede Bahia de Televisão neste dia de hoje (1), quando se comportou como se tivesse total controle do que acontece em sua cidade. E mais, essas ações de reabertura ainda serão colocadas à prova, pois, se a curva de casos do Covid-19 crescer na cidade, ele mesmo admite que poderá rever a decisão e retornar com o fechamento e os bloqueios.


Ora, se vamos ficar em uma fase de incertezas, porque a tomada de “decisão”? Será que não seria pelo fato de outros Prefeitos estarem reabrindo, aos poucos, suas cidades e, assim, o nosso querido Paulo Bomfim devesse surfar nesta onda? Ou será que os juazeirenses nunca haviam precisado deste fechamento radical do comércio, pelo fato de o número de casos do vírus nunca ter sido suficiente para se justificar aquela atitude?


Nossa esperança é que nunca venhamos a descobrir se ele estava certo ou errado, pois só queremos que a doença acabe e que possamos entrar no nosso “novo normal”, como muita gente está chamando o nosso futura agora. Queremos é esquecer que fomos tão mal administrados, quanto estamos sendo agora.


Por outro lado, precisamos admitir que Paulo Bomfim realmente é um homem de coragem, pois, com sua popularidade lá em baixo, com sua competência sendo questionada a todo o tempo, com a lastimável situação em que se encontra a cidade de Juazeiro, em todas as áreas das secretarias de seu governo, e, ainda, com o risco de ele nem ser o escolhido de Isaac Carvalho, melhor dizendo, de seu partido, para tentar a reeleição do grupo de esquerda na cidade, temos que admitir que o jovem Prefeito tem muita coragem, para ficar colocando “sua cara a tapa” o tempo todo.


Por outro lado, temos que ter cuidado com essa situação, pois os gastos com as propagandas da Prefeitura, tentando mostrar o que está sendo feito, mas que ninguém consegue enxergar, devem estar totalmente desproporcionais se fizermos uma relação com as necessidades da saúde ou com as de qualquer uma das secretarias que deveriam estar dando apoio às pessoas que necessitam muito de auxílios, nesse tempo de pandemia e afastamento social.


Vamos aguardar, para assistir os próximos capítulos e as propagandas políticas que estão por vir, pois, certamente, irão trazer à tona muitas das possíveis irregularidades deste e de outros governos na cidade de Juazeiro. E rezemos para que dias melhores venham, com o exercício da verdadeira democracia em nossa cidade.



Sidney Lima

Pós-Graduado em Administração

de Segurança Pública e em

Publicidade e Propaganda

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087