Petrolina: um mês, dois desaparecidos, mas só uma das famílias está angustiada. Fatos não batem.

Atualizado: Mai 5


José Raimundo não teria motivos para o desaparecimento


Desaparecidos desde o dia 04/04/2020, JOSÉ RAIMUNDO DA SILVA BARBOSA e EMERSON DYEGO MEIRELLES MACEDO SILVA, ambos moradores do Residencial Vivendas I, em Petrolina-PE, até hoje não foram localizados, nem deram algum sinal de que estão bem, em algum lugar.


O fato já fora registrado aqui no Cartaz da Cidade, na tentativa de movimentar as autoridades e conseguir ajuda de nossos leitores, caso tenham algum tipo de informação que possa ser útil.


Emerson Dyego tem problemas anteriores ao fato


Mas, depois de um mês de ocorrência, alguns fatos foram trazidos ao Cartaz da Cidade e que precisam ser apresentados ao público, para que possamos tentar entender melhor o que pode ter ocorrido.


FATOS


JOSÉ RAIMUNDO estava na sua casa, juntamente com sua esposa e filhos quando EMERSON DYEGO o chamou para ir buscar uma moto que teria comprado. Informação negada pela esposa de EMERSON DYEGO, que alega que ele não teria dinheiro para tal compra.


Até a presente data não se obteve uma única pista do que pode ter acontecido.


O que se apurou até hoje, por parte da própria família de Emerson Dyego, e nos foi informado para a publicação desta matéria, é que Emerson estava com um comportamento estranho nos últimos dias, o que incluiu uma prisão em flagrante, no dia 14/03/2020, por tentativa de roubo de veículo, sendo liberado do presídio alguns dias depois, após a esposa apresentar um laudo médico que aponta que ele sofre de transtorno bipolar.



A equipe do Cartaz da Cidade também ficou sabendo das tentativas de Emerson aplicar outros golpes, como efetuar depósitos com envelope vazio na conta de um dono de uma loja de veículos e que, inclusive, esse comerciante chegou a receber ameaças por não liberar o veículo sem a confirmação dos depósitos, um dia antes do desaparecimento dos dois.


A família de José Raimundo está muito angustiada, pois ele nunca dormiu fora de casa, e quando saiu a esposa ficou preparando um lanche para ele comer assim que voltasse, pois segundo Emerson Dyego seria coisa rápida. José Raimundo só iria levar ele pra pegar a tal moto, supostamente comprada na loja de veículos.


DETALHES ESTRANHOS


Alguns detalhes dessa história estão tirando ainda mais o sono da família de José Raimundo, que foram compartilhadas com nossa equipe. São eles:


✓ A companheira de Emerson Dyego, que se declarou "esposa", na hora de fazer a ocorrência do desaparecimento, no dia seguinte declarou-se "ex-esposa" perante a família de José Raimundo, e se recusa a colaborar com informações que, de repente, possam ajudar, distorcendo a verdade dos fatos. Até pra gravar uma matéria para a TV local foi difícil, pois ela não demonstrou interesse algum em colaborar.


✓ A companheirta de Emerson Dyego não está demonstrando interesse em procurar, em qualquer momento que seja, pelo pai de seus filhos, pois, sendo esposo ou ex-esposo, ele continua sendo o pai de seus filhos.


✓ Aos familiares, a esposa de Emerson Dyego, que sabia desde o início que foi ele quem chamou José Raimundo para sair, informou, a princípio, somente do seu desaparecimento, e, quando esses souberam que existia uma outra pessoa desaparecida, através de postagens feitas pela família de José Raimundo, ela disse que José Raimundo é quem o havia chamado para sair.


✓ A família de Emerson Dyego desconhecia o laudo psiquiátrico, até o dia que ele foi solto do presídio, dias antes do desaparecimento.


✓A polícia civil, até hoje, não deu nenhuma resposta a família de José Raimundo e, sob o pretexto de que a investigação é sigilosa, só diz que os procedimentos estão sendo tomados.


PERGUNTAS


Com tantas questões intrigantes e estranhos, algumas perguntas ficam no ar:


✓ Qual o resultado do rastreamento do celular de Emerson Dyego, já que o de José Raimundo ficou em casa, sendo, posteriormente, recolhido pela polícia?


✓ O que a família de Raimundo pode esperar dessa investigação afinal, já que está parecendo, até, que a polícia parece ter desistido da investigação e da procura, como se estivesse se comportando como a família de Emerson Dyego?

A família de José Raimundo, gostaria de registrar, aqui, sua indignação com a falta de resposta por parte da polícia, pois, mesmo que Emerson Dyego não tenha valor para a família dele, o caso de José Raimundo é exatamente o oposto.


José Raimundo tem esposa e 4 filhos, além de uma família enorme, que inclui pai, mãe, irmãos e muitos amigos que estão sofrendo com a sua ausência repentina.


A família informa que, se alguém tiver alguma pista do caso, deve entrar em contato com a polícia civil ou com os familiares de José Raimundo, pelo telefone (87) 9 8828-8730.

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087