PF e PM deflagram operação contra pesca ilegal na Baía de Todos-os-Santos.



Em operação conjunta, a Polícia Federal (PF) e a Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa/PMBA) cumprem mandados para obter provas sobre a prática da pesca habitual com uso de explosivos nas proximidades da localidade conhecida como Loteamento Porto Santo, em Itaparica.


De acordo com a PF, a investigação teve início com a difusão de um vídeo, no final do ano passado, que mostra ao menos cinco pessoas praticando a pesca ilegal. As imagens mostram até o momento do arremesso e da explosão, que atingiu diretamente um cardume.


Com a repercussão do vídeo e a investigação em curso, alguns dos responsáveis foram identificados e suas residências agora são alvo de busca. Ao todo, foram quatro mandados expedidos pela Justiça Federal de Salvador, cumpridos por cerca de 20 policiais federais e 14 militares.


Esse tipo de pesca é criminosa, com pena de reclusão de uma a cinco anos no âmbito da Lei de Crimes Ambientais, e também de três a seis anos, de acordo com o Estatuto do Desarmamento.


Segundo a PF, os prejuízos da atividade com explosivos são enormes, pois acidentes são rotineiros, provocando mutilações, queimaduras e outros danos aos próprios pescadores ou mesmo a terceiros, como mergulhadores praticantes de pesca submarina ou mergulho autônomo e banhistas. Além, é claro, dos danos ambientais, que impactam diretamente nas populações de peixes de toda a vida marinha da Baía de Todos-os-Santos.




Fonte: Bahia Notícias

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro-BA, 48904-087