PGR se diz ‘convicta’ de que Witzel precisa ser preso



Procuradoria também afirma que deve oferecer nova denúncia contra o governador afastado.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) enviou uma manifestação ao Superior Tribunal de Justiça ontem (1) em que afirma que segue “convicta” da necessidade da prisão do governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC).


Em documento enviado aos ministros que compõe a Corte Especial do STJ, a PGR ainda disse que deve oferecer nova denúncia contra o ex-juiz.


Agora, a comissão do STJ deve analisar ainda hoje (2) se mantém Witzel afastado. O governador é investigado na Operação Tris In Idem, que apura irregularidades e desvios em contratos públicos firmados na área da saúde durante a pandemia. 


Fonte: Metro1

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087