Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro-BA, 48904-087

Primeiro atleta diagnosticado com covid-19 no país é pivô de basquete do Paulistano


O jogador Maique testou positivo nesta quinta-feira (19) para o novo coronavírus (Covid-19). O pivô do Paulistano é o primeiro infectado entre os atletas que disputam o Novo Basquete Brasil (NBB), principal campeonato masculino da modalidade, organizado pela Liga Nacional de Basquete (LNB).

Segundo a nota da agremiação, Maique apresentou "tosse leve e falta de ar" na última sexta-feira (13), sentindo-se febril dois dias depois. Encaminhado ao pronto socorro do Hospital Beneficência Portuguesa, na capital paulista, "foi isolado e submetido a uma série de exames". Ainda conforme o documento, o resultado positivo do teste para a Covid-19 saiu na terça-feira (17). Ele foi liberado na quarta (18) da internação e seguirá o tratamento em casa.


O Paulistano comunicou que os jogadores, integrantes da comissão técnica e funcionários ligados ao basquete,  que tiveram contato próximo ao atleta, entraram em quarentena. Por fim, o clube reforçou que "mesmo antes da suspeita", determinou, na última segunda-feira (16), o fechamento do clube aos associados e a interrupção dos treinamentos das equipes profissionais.


O último jogo de Maique foi em 9 de março, na derrota de seu time para a Unifacisa, em Campina Grande, por 101 a 90, válido pela 19ª semana do NBB. Na ocasião, o pivô atuou por cerca de 15 minutos, divididos pelos quatro períodos da partida, anotando seis pontos, cinco rebotes e duas assistências.


O clube paraibano, que está com as atividades paralisadas desde domingo (15), após o jogo contra o São Paulo pelo NBB, entrou em contato com elenco e membros da comissão técnica reforçando a importância do isolamento domiciliar. Segundo o time, os três atletas que viajaram para a região Sul-Sudeste do país também seguirão as recomendações médicas.


Após saber do restulato positivo para coronavírus, o jogador se pronunciou: “Tomei um susto, não imaginava contrair esse vírus. Não sei onde o peguei. Estou me sentindo muito bem, em casa, em tratamento. O clube tem me dado todo o apoio neste momento. Queria que todos tomassem muito cuidado com seus amigos, seus familiares. Vamos pensar como um todo para combatermos esse vírus o mais rápido possível”.


Na segunda-feira (16), os clubes que participam da temporada 2019/2020 do NBB decidiram que o torneio continuará suspenso e que a decisão será reavaliada no próximo dia 26. Foi confirmado, também, que antes da competição ser reiniciada, os elencos terão pelo menos sete dias de preparação. O encontro teve presença física de representantes de cinco times (Minas, Universo Brasília, São José, Corinthians e Rio Claro) e também virtual, por meio de videoconferência, de dirigentes de outras 11 equipes (entre elas o Paulistano).


O pivô Maique, inclusive, seria um dos atletas a participar do Jogo das Estrelas, que ocorreria neste sábado (21) e domingo (22) no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo (SP). O jogador participaria do torneio de enterradas. O evento, porém, foi adiado na última quinta-feira (12). Natural de Campos dos Goytacazes (RJ), Maique tem 26 anos e defendeu Franca, Macaé, Liga Sorocabana, Vitória e Botafogo antes de chegar ao Paulistano.







Fonte: Agência Brasil