Procuradora do MP do Rio pede suspensão de investigações contra Flávio Bolsonaro



Senador é investigado por esquema de ‘rachadinha’ em seu antigo gabinete na Alerj

A procuradora de Justiça Soraya Taveira Gaya, do Ministério Público do Rio de Janeiro, emitiu um parecer no dia 12 de maio deste ano em que pedia que fosse revertida a decisão de suspender liminar que interrompia investigação envolvendo o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ). As informações são do jornal O Globo. 

O filho do presidente Jair Bolsonaro é alvo de uma apuração por suspeita de esquema de “rachadinha”, prática de devolução de parte do salário de assessores ao chefe, em seu antigo gabinete na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). 


Gaya atua por prerrogativa de função no habeas corpus e não faz parte dos promotores do Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção que investiga Flávio e seu ex-assessor Fabrício Queiroz por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. O pedido ainda não foi apreciado na Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça.


Fonte: Metro1

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087