Ramagem e ex-superintendente da PF no Rio depõem nesta segunda sobre acusações de Moro a Bolsonaro

Ex-diretor-geral da corporação, Maurício Valeixo também será ouvido pela manhã


O diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Alexandre Ramagem, e o ex-superintendente da Polícia Federal no Rio de Janeiro Ricardo Saadi vão depor hoje (11) à PF em Brasília. Eles serão ouvidos como parte do inquérito que apura suposta tentativa de interferência do presidente Jair Bolsonaro na corporação. 


A investigação foi aberta pela Procuradoria-Geral da República, com autorização do Supremo Tribunal Federal (STF), após o ex-ministro da Justiça Sergio Moro, no momento em que anunciou que pediria demissão do cargo, acusar o chefe do Executivo de tê-lo pressionado a fazer mudanças na cúpula da PF. 


Em depoimento que durou cerca de oito horas, no último dia 2, em Curitiba (PR), Moro citou Ramagem e Saadi, além do ex-diretor-geral da PF Maurício Valeixo, que presta depoimento também na manhã de hoje, mas na capital paranaense. 


Fonte: Metro1

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Notícia

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087