Rio São Francisco: Chesf eleva vazão do reservatório de Sobradinho para 2.900 m³/s



A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) informou que, em atendimento às diretrizes do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), nesta quinta-feira (5), a vazão do Rio São Francisco, a partir do Reservatório de Sobradinho (BA) passará de 2.600 metros cúbicos por segundo (m³/s) para 2.900 m³/s.

Essa será a maior vazão liberada por Sobradinho em sete anos, período em que a Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco enfrentou sua maior crise hídrica. O período chuvoso começou este mês de novembro e termina em abril de 2021.

De acordo a Chesf, a água liberada de Sobradinho vai minimizar o rebaixamento do Reservatório de Itaparica, da Usina de Luiz Gonzaga (PE), visando manter o seu armazenamento em torno de 30% de seu volume útil. A vazão de Xingó (SE) será mantida em 2.300 m³/s, podendo chegar a 3.000 m³/s, a depender da necessidade de atendimento ao Sistema Interligado Nacional – SIN.


A Chesf destacou a importância de a população não ocupar as áreas ribeirinhas situadas na calha principal do rio, entre o trecho de Sobradinho até a foz, com o objetivo de garantir a segurança de todos.


Em Juazeiro, a água do Rio São Francisco já está tomando ruas do bairro Angari, que fica nas proximidades do rio, ameaçando invadir as casas daqueles que residem mais próximos do São Francisco. Na orla da cidade, o rio já está avançando praças e calçadas, e as ilhas da região de Juazeiro e Petrolina foram tomadas pela água.


Veja abaixo vídeos gravados por um cinegrafista amador, mostrando a invasão da água do rio, em Juazeiro:





Matéria com informações da Chesf.

Siga-nos em nossas redes sociais

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Desenvolvido por

© 2018-2019. Todos os direitos reservados.

CaJú Publicidade Ltda

CNPJ: 21.107.640/0001-75

Marca_CaJú_PNG.png

Av. Flaviano Guimarães, 333, Cajueiro, Juazeiro - Bahia - Brasil 48904-087